Desaniversário

Ontem uma amiga minha veio me pedir mil perdões por não ter me dado os parabéns na sexta-feira. Disse simplesmente, "não conto meus amigos pelos parabéns que ganho, até porquê alguns dos meus bons amigos fizeram quase que questão de não me dar os parabéns", o que é fato.
Ainda na sexta, um amigo me pediu se eu me importava em receber ou não um "feliz aniversário". Disse que não. E então ele me perguntou porquê então eu estava agradecendo todos os parabéns que recebia (espaço para dizer que a conversa era via facebook e o parabéns aos quais ele se referia eram os que eu recebia por lá). De modo resumido, disse que é porque tem quem se chateie por não ver um agradecimento e porque muitos dos que ali estavam me parabenizando eram pessoas com quem eu tinha certo contato, não desconhecidos que aparecem só pra dizer "feliz aniversário" e "feliz ano novo".
O fato é que realmente não vejo aniversários como algo esplêndido ou como algo a se lamentar. É apenas mais um dia do ano. A única coisa que faço especificamente no meu aniversário, ou procuro fazer, é doar sangue, não pela data em si, mas se eu não marcar mentalmente um dia pra fazer isso, acabarei não fazendo. Então acaba sendo isso: doo sangue em 30/03 e em 15/09 (uma bala pra quem adivinhar porquê esse dia). No mais, o aniversário não me tem nada de emocionante. 
Na sexta, recebi parabéns de tudo que foi forma. Teve quem fosse ao Google Tradutor descobrir como se dava os parabéns em alemão. Teve quem citasse duas ou três músicas com "Ana". Teve quem colocasse versos do Vinícius de Moraes. Teve quem escrevesse um texto pra mim. Teve amigos com quem há muito não falo, virtuais e reais, que fizeram questão de lembrar que há muito não nos falávamos mas que nem por isso deixavam de me desejar o melhor. A cada um desses e de outros, eu respondi. 
De modo geral, dou parabéns aos outros para dizer que lembrei. Parabenizo sempre as pessoas que foram ou são importantes pra mim. Acho que, de maneira geral, essa é a ideia. Mas isso não quer dizer que eu desconsidere amigos por não me darem os parabéns. Como disse, alguns bons amigos não me parabenizaram (aliás, acho que o uso do verbo parabenizar em aniversários pode ser questionado, mas enfim), mas pelo menos dois desses, que, ao contrário da minha desesperada amiga, entraram no facebook na sexta e não me disseram "feliz aniversário" (incluindo o que me perguntou se eu me importava com isso), são amigos ímpares. São dois dos seres com quem volta e meia passo horas conversando e, sendo assim, eles não precisam esperar meu aniversário pra fazer um discurso bonito e mostrar que estão ali, só o fato de me aturarem por horas já diz muita coisa. 
Claro, não questiono os que me dão parabéns, eles, tal como eu em seus aniversários, gostam de registrar que estão ali, mesmo que seja pra dizer o que todo mundo já disse ou que tenha que quebrar a cabeça pra dizer de um modo diferente. O que quero dizer, no fim das contas, é que não me importo de receber ou não felicitações através de todas as redes sociais de amigos que estão sempre ali, mas que sempre é legal ver que algum amigo distante faz questão de dizer que lembra da minha pessoa. 
Minha cabeça doi, nem tenho certeza se o que digo tem sentido. Como sempre, não relerei o que acabo de escrever, então me perdoem as falhas. Encerro com o vídeo que a minha amiga que lamentou não me dizer "feliz aniversário" no dia certo mandou, desnecessário é dizer que ela é apaixonada por Alice no País das Maravilhas, talvez ele salve esse post. Até semana que vem, com algo melhor, espero. (Ah, sim, e façam o favor de ver o vídeo que as gurias do GA fizeram pra minha pessoa. Elas me amam mesmo que eu pareça um velho rabugento. E quem quiser ver a twitcam de sábado, tá aqui.) 

5 comentários:

Tita disse...

E eu ainda errei o dia! rsrsrs
Mas criamos até um bolo cheio de "velhinhas"! Bom proveito para o velho Bastião!

Pandora disse...

Bem, eu acho que "são mitos de calendário tanto o ontem como o agora", mas há quem curta felicitar pela data tanto quem curta ser felicitado, na duvida se eu lembrar faço votos... Acho legal desejar coisas boas para as pessoas, mas também acho que todo dia é dia de votar/desejar coisas boas...

Pandora disse...

Ah Ana, estou vendo/ouvindo sua twit.. agora, fiz alguns comentários pelo tt, de toda forma não conseguir ver pq meu not não colaborou e meu irmão resolveu monopolizar o pc principal, ele tem dificuldade de compreender o que é importante para outras pessoas... Lamento muito, gostaria de ter te visto... Enfim, fiquei feliz por vc ter lembrando de mim em alguns momentos!!!

Cheros!!!

Erica Ferro disse...

Antes eu me lamentava um bocado se algum amigo esquecesse de me dar as felicitações de aniversário. Também me entristecia enormemente no meu aniversário, porque "estava envelhecendo". Depois percebi que era tudo tolice. O que vale é que os meus amigos lembrem de mim no dia a dia, que estendam a mão quando eu precisar, que me abracem quando eu estiver triste e todas essas coisas que só quem é amigo de verdade faz. E envelhecer a gente envelhece diariamente. Todos os dias envelhecemos. Quando digo que me entristecia por envelhecer, não era por medo da velhice, e sim por medo da morte. Enfim, sou louca. O fato é que hoje eu já não me importo com esse lance de felicitações de aniversário nem me lamento por estar ficando mais velha. É a lei da vida, certo?

E você gostou mesmo do vídeo? Que bom, fiz com carinho! Essa ideia do vídeo foi feita de última hora, as meninas nem sabiam que eu ia fazer um vídeo com as mensagens delas. Foi uma surpresa até mesmo pra elas. Elas pensavam que seria apenas um post como no aniversário da Rebeca.

P.s: 15/09: "aniversário" do Grêmio e "aniversário" da Agatha Christie. Se bem que a razão é mais pelo aniversário do Grêmio, certo?
Passa a bala pra cá, querida!

Dama de Cinzas disse...

Eu sou como você não ligo muito para aniversário. No meu caso é porque eles só me lembram que estou cada dia mais velha... rs.

Mas gosto de receber parabéns quando eles não são provocados, mas espontâneos. O que me dá agonia é gente que fica fazendo contagem regressiva para aniversário, e fica fazendo posts antes da data dizendo que tá chegando, ou publicando em redes sociais. Tá bom que ela goste, mas aniversário é uma data tão igual a qualquer outra, e todo mundo faz aniversário, até quem não merece.. rsrsrs.

Beijocas